terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

O NOME JEOVÁ PODERÁ SALVAR ALGUÉM? Mensagem as Testemunhas de Jeová


“Porque: Todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo.” Rm.10.13 (TNME)

Quando lemos este texto na Tradução Novo Mundo das Escrituras (TNME) a primeira pergunta que nos vem em mente é: Como posso invocar um nome híbrido e ter a certeza que serei salvo?

O nome “Jeová” surgiu do hibridismo de vogais emprestadas de um nome hebraico dado a Deus: “Adonay” (traduzimos “Senhor”). Tomaram as vogais “a,o,a” e inseriram entre as consoantes do nome divino YHVH (que chamamos de tetragrama), formando a palavra “Yahovah” ou, aportuguesado “Jeová”.

Para podermos entender bem porque isso foi feito, precisamos conhecer um pouco da língua hebraica e do trato do povo judeu com o nome divino. No hebraico não se escreve as vogais, só as consoantes. Na leitura do texto as vogais exigidas eram inseridas. O povo de Israel temia usar o nome divino em vão, assim evitavam pronunciar o nome substituindo-o por outro nome: “Adonay”. Chegando à palavra YHVH lendo o texto bíblico, diziam “Adonay” ou “O Eterno” para evitar o uso do nome revelado sem o devido respeito. A própria TNME, no “apêndice” página 1420, admite que copistas posteriores da LXX grega substituíram o tetragrama hebraico הוהי (YHVH) pelo título grego κυριος (kurios: “Senhor”; “amo”). Como o nome que Moisés lhes havia transmitido não era pronunciado (Êx.3.13-15), o tempo passou e foram esquecidas as vogais deste nome.

Assim, o nome “Jeová”, “Yahovah” ou “Iahovah” não consta nos manuscritos originais, nunca foi pronunciado assim pelas pessoas da Bíblia. Nenhum erudito em sã consciência afirmaria que o nome “Jeová” foi formado corretamente ou que este nome está assim no texto hebraico. O que consta são apenas as consoantes הוהי (YHVH), que são atualmente impronunciáveis.

Então outra pergunta surge conseqüentemente: Se o nome de Deus é impronunciável, como Paulo recomendava este nome para os cristãos invocarem e serem salvos?

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

DEZ ANOS DO BLOG ANTI-HERESIAS

Dez postagens foram escolhidas para serem publicadas no meu livro edição comemorativa do blog Anti-Heresias - 10 anos. E os comentários, até a data de publicação, foram incluídos. As postagens que saíram no livro foram:

1. A Origem do "Reteté" e a Raiz do Problema dos Modismos
2. É Correto Batizar Pessoas Amasiadas?
3. A Diferença entre Evangélicos e Testemunhas de Jeová
4. Resposta Apologética a Vídeo da Verdade Oculta
5. A Igreja Evangélica Tabernáculo da Fé é uma Seita?
6. A Diferença entre Evangélicos e Adventistas
7. A Igreja Voz da Verdade é uma Seita?
8. Orar no Monte. É Bíblico? É Cristão?
9. Heresias do Ministério de Witness Lee
10. Pecados de Família X Maldição Hereditária. Qual desses Assuntos tem Respaldo Bíblico?




















Mande um alô para anti-heresias@hotmail.com e seja sorteado com esse livro.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Livro Contra as Heresias publicado

Olá amigos e leitores do blog Anti-heresias, venho aqui agradecer a todos pela participação e leitura dos artigos deste blog. Também venho agradecer a Deus por ter proporcionado este momento. É com prazer que disponho, com base nos artigos mais populares, o meu terceiro e novo livro: Contra as Heresias. Já disponível pelo site que está ao lado direito do seu navegador aqui no blog. Vai abaixo a imagem da capa para apreciação de todos.

EDIÇÃO COMEMORATIVA DE 10 ANOS DESTE BLOG

Acredito ter produzido um material de interesse do público evangélico e afins. Trazendo a memória, as palavras do apóstolo Paulo, nas quais tenho a plena certeza de que:

"... sabendo que estou incumbido da defesa do evangelho". (Fp.1.16).

A Deus toda glória!































Link para pré-visualização do livro ou compra: Contra as Heresias