quarta-feira, 23 de julho de 2008

AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ É UMA SEITA?


Toda seita adiciona algo a Palavra de Deus (a Bíblia), subtrai algo da pessoa de Jesus, multiplica por obras a obra da salvação e divide a fidelidade entre Deus e a organização. Baseado nessas quatro operações, As Testemunhas de Jeová possuem forte identificação:


Adicionam algo à Bíblia:
Além da Bíblia, tomam como fonte de inspiração e novas revelações à literatura publicada pela Sociedade Torre de Vigia. Veja esta declaração: “... A menos que estejamos em contato com este canal de comunicação usado por Deus, não avançaremos na estrada da vida, não importa quanto leiamos a Bíblia”. (Revista A Sentinela, 1/8/1982 p.27).

Subtraem algo da pessoa de Jesus:
Diminuem a divindade de Cristo. Por isso dizem: “Visto que Jesus tinha um Deus, seu Pai, ele não podia ao mesmo tempo ser esse Deus”. (Deve-se Crer na Trindade? P.17, Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, 1989).

Multiplicam por obra a obra da salvação:
A salvação para as Testemunhas de Jeová envolve muito mais do que crer em Jesus e aceitá-lo pela fé como seu único e suficiente salvador. É necessário uma série de obrigações. Segundo o livro Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra, é necessário: Ter fé em Jeová e nas suas promessas (p.250); haver obras (P.250 § 2); dizer que deseja ser servo de Deus e pertencer-lhe (p.251 § 3); batizar-se (p.251 § 6); pregar e ensinar de casa em casa (p.253 § 9-11) e pertencer à organização (p.255 § 14).

Dividem a fidelidade entre Deus e a organização:
A organização das Testemunhas de Jeová, conhecida como Sociedade Torre de Vigia e Tratados, representa a organização visível de Deus na terra. Segundo eles, não tem como uma pessoa encontrar o caminho da verdade sem a ajuda da organização (Revista A Sentinela, p.27, edição de 15/07/1983).

CONCLUSÃO

Todo cristão verdadeiro sabe da suficiência das Escrituras de ensiná-los: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça”. (1Tm.2.15,16). Ele sabe que todos nós precisamos de ajuda para entender a Bíblia, mas não está preso a uma denominação religiosa para fazer isso. O próprio Espírito Santo o ajudará pessoalmente no entendimento (Jo.14.26) e Jesus levantará também pessoas com o dom do ensino para auxiliá-lo (Ef.4.11).

Todo cristão verdadeiro sabe que Jesus é Deus, não que ele seja o Pai, o cristão verdadeiro não confunde Jesus com o Pai, são pessoas diferentes! Mas ele compreende que Jesus é Deus. Ou seja, que Jesus é Divino (Jo.1.1; 20.28; Is.9.6 e etc.). Como não há outro Deus fora o único Deus verdadeiro (Is.45.5), então o cristão verdadeiro conclui que este Deus que ele adora subsiste em pessoas: Uma ele chama de Pai e outra de Filho, sem falar que ele crer também na pessoa do Espírito Santo (Mt.28.19).

Todo cristão verdadeiro sabe que para ser salvo, ele precisa somente crer (Ef.2.8,9). Foi a resposta que os apóstolos deram a quem lhes perguntava sobre isso: “...Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”.(At.16.31).

Todo cristão verdadeiro sabe que organização nenhuma representa o caminho para Deus. Jesus Cristo é o caminho e não uma instituição religiosa (Jo.14.6). As denominações são apenas facilitadoras da obra de Cristo na terra e não são únicas (Rm.12.5; 1Pe.4.10).

Sola Scriptura


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

Nenhum comentário: