quinta-feira, 23 de maio de 2019

Série GRANDES PREGADORES TAMBÉM FALAM GRANDES BOBAGENS I (reflexão)



Pra olharmos só pra Jesus, Deus permite que os grandes pregadores falem certas bobagens! O pior é quem diz amém pra o que dizem, pra revelar os que seguem a Jesus dos que seguem homens! "Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?". (I Corintios 3:4)


Que conversa é essa que "não existe igreja forte sem um lar forte"? Uma fez que antes se diz que o "ministério principal é o seu lar, é sua família"? Ora, se eu e você levarmos a sério esse primeiro trecho da frase nem igreja existiria! Se os apóstolos tivessem feito de sua família o ministério principal não existia igreja hoje. Se Abraão tivesse feito de sua família o ministério principal não existia o povo de Israel. Se o profeta Eliseu tivesse feito de sua família o ministério principal jamais teria substituído Elias e recebido porção dobrada do Espírito. Se Jesus tivesse, humanamente, feito de sua família o ministério principal jamais ele teria morrido na cruz por nós. Não existiria a Igreja. Jamais teria dito quando lhe informaram que sua mãe e seus irmãos o procuravam: "E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos? E, olhando em redor para os que estavam assentados junto dele, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe". (Marcos 3:33-35).

O ministério apostólico dos doze discípulos de Jesus não teve por principal ministério as suas famílias, uma vez que eles deixaram tudo e o seguiram. Nada é principal diante do chamado de Cristo. Se a família deles fosse o principal ministério, eu e vc não saberíamos de Jesus. Isso não quer dizer que Jesus foi contra a família, mas que a família e até a própria vida não faz parte do principal ministério de um seguidor de Jesus. O fundamental é Cristo e o ministério que ele te deu. E tudo orbita a isso. Quando ocorre o oposto disso, vive-se um Evangelho faz de conta. Voltemos ao Evangelho amigo Paul Washer.

Reflexão de Lucas 14.26 com os créditos de Dietrich Bonhoeffer: "Desde a vinda de Jesus, não existe mais para seus discípulos a possibilidade de relações sem o Mediador, quer sejam naturais e históricas, quer sejam cotidianas. Entre o filho e pai, entre homem e mulher, entre indivíduo e sociedade, está Cristo, o Mediador [...]. Para nós, já não existe um caminho para o próximo que não seja Cristo, sua palavra e seu discipulado. A relação com o mundo sem o Mediador é pura ilusão". (Discipulado. P.71,72).

Atenção: muita gente em redes sociais usa o nome de pregadores famosos para alavancar suas postagens em curtidas e compartilhamentos, porém a frase não é dos mesmos, mas de quem postou. São os pseudo epígrafes! Todavia, se a frase é de Paul Whaser ou não, fica ai a reflexão!

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br

Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

Nenhum comentário: