sexta-feira, 24 de maio de 2019

IGREJA É MINHA FAMÍLIA

Já ouvi “desigrejados” usarem muito essa frase. Todavia, a palavra “família” quando empregada na linguagem do Novo Testamento, no contexto de igreja, ela vai entrar em conflito exegético. Vejamos:
 
A palavra grega para igreja é “ekklesia” (como já falamos dezenas de vezes aqui). Já a palavra família é “oikos”. A primeira diz respeito a “reunião de cidadãos chamados para fora de seus lares para algum lugar público, assembleia”. (Strong. 2002). E a segunda diz respeito a “1) casa. 2) ocupantes de uma casa, todas as pessoas que formam uma família, um lar. 3) linhagem, família, descendentes de alguém”. (Strong. 2002). Ora, como conciliar igreja com minha família aqui? Vamos dificultar ainda mais a vida destes “desigrejados”: “saudai igualmente a igreja [ekklesia] que se reúne na casa [oikos] deles. Saudai meu querido Epêneto, primícias da Ásia para Cristo.” (Romanos 16:5). E agora? Como pode a igreja (ekklesia) estar dentro da casa (família – oikos) de alguém se para alguns “desigrejados” (não são todos é claro) a igreja é a família deles? (Desigrejados, p.96).
 
Essas e outras mais refutações de falácias dos desigrejados você encontra nesse meu livro, clique aqui em: Desigrejados. Faça a compra e presenteie um amigo desigrejado.

 

 

Nenhum comentário: