sábado, 24 de dezembro de 2016

FELIZ NATAL! MAS, JESUS NÃO NASCEU EM DEZEMBRO. ATUALIZAÇÃO 26.12.16


Diferente do que muita gente pensa, Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro. Essa data vem de um sincretismo religioso feito pela igreja Católica Romana com base no antigo culto pagão romano ao deus Mitra. O deus do sol. Na véspera dessa data se fazia uma festa para esse deus, requintada de orgias e embriaguez até ao amanhecer. Onde comemoravam o nascimento do sol. Isto é, o “Natalis Solis Invicti” (nascimento do sol invencível). Essa falsa data foi adicionada em 440 d.C. para representar o nascimento de Jesus Cristo. Jesus nasceu aproximadamente ao período da “festa das cabanas” ou “festa dos tabernáculos”. Essa festa era comemorada do dia 15 até 21 do mês de Tishri. Equivale a nosso calendário aos meses setembro-outubro. Provas bíblicas? Vejamos:


Zacarias, pai de João, pertencia ao oitavo turno do grupo de Abias (Lc.1.5), e esse exercia tarefas ministeriais no templo na função de sacerdote conforme 1Crônicas 24. Eles foram divididos em 24 turnos de acordo com cada mês do calendário judaico. Contando os turnos com 15 dias cada representante de grupo para os 24 turnos. O grupo de Abias cai no mês Tamuz (equivale aos meses junho/julho) grupo de Zacarias, justamente nessa época ele recebe a anunciação: “Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João”. (Lc.1.13). Depois de sua saída do templo Isabel engravidou; e ela ficou cinco meses sem sair de casa (idem v.24). No sexto mês da gravidez de Isabel, Maria, mãe de Jesus, recebe também anunciação de sua gravidez (idem v.26). Ou seja, se Isabel ficou grávida no mês Tamuz, Maria ficou grávida no mês Tebete (equivale aos meses dezembro/janeiro). Só aqui já se desfaz a crença do nascimento de Cristo ser em dezembro. Pois, nessa altura Maria começava a sua gestação. Podemos concluir isso pela declaração de Isabel quando Maria vai visitá-la, pois o anjo havia dito que sua prima se achava “também” grávida (idem v.36). E ao recebê-la Isabel já diz: “Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre”. (idem v.42). E Isabel ainda diz “mãe do meu Senhor” (idem v.43). Coloquemos agora nove meses de gestação: Shebate (1º), ‘Adhar (2º), Nisã (3º), ‘Iyyar (4º), Siwãn (5º), Tamuz (6º), ‘Abh (7º), Elul (8º), Tirsi (9º). Nove meses depois equivale ao mês Tirsi (setembro/outubro), época da festa dos tabernáculos ou cabanas conforme Lv.23.34; Ne.8.14. Provável época do nascimento de Jesus Cristo. Não podia ser diferente, conforme Êx.23.14 havia três festas principais no Antigo Testamento. Eram elas: Páscoa (ou pães asmos), Pentecostes (ou semana ou colheita) e Tabernáculos (ou cabanas). Em Dt.16.16 diz: “Três vezes no ano, todo varão entre ti aparecerá perante o SENHOR, teu Deus, no lugar que escolher, na Festa dos Pães Asmos, e na Festa das Semanas, e na Festa dos Tabernáculos; porém não aparecerá de mãos vazias perante o SENHOR”. Essas três festas têm significado no Novo Testamento:

PÁSCOA: mês judaico de Nisã ou Abibe (equivale a Março-Abril). Significado: Jesus é o cordeiro pascal (1Co.5.7).

PENTECOSTES: mês judaico de ‘Iyyar ou Zive (equivale a Maio-Junho). Significado: Descida do Espírito Santo (At.2.1-4).


TABERNÁCULOS: mês judaico de Tisri ou ‘Ethãnim (equivale a Setembro-Outubro). Significado: O natal de Cristo (Jo.1.14). João escreveu: kai o logov sarx egeneto kai eskhnwsen en hmin... (Textus Receptus). Onde ele usa a palavra eskhnwsen que vem de skhnwo que quer dizer: “1) fixar o tabernáculo, ter o tabernáculo, permanecer (ou viver) num tabernáculo (ou tenda). 2) residir”. (léxico de Strong). Uma ótima correlação com a festa dos tabernáculos.

Portanto, feliz natal para todos, mas neste período de dezembro/janeiro (mês judaico de Tebete) Jesus não havia ainda nascido, ele já estava entre nós, mas no ventre de Maria, sua mãe.

Fonte: Visão Panorâmica da Bíblia, disponível em 
https://pt.scribd.com/document/334989491/Visao-Panoramica-Da-Biblia

CALENDÁRIO JUDAICO:

NISÃ ⟺ Março/Abril
'IYYAR  Abril/Maio
SIWÃN  Maio/Junho
TAMUZ  Junho/Julho
'ABH  Julho/Julho
ELÛL  Agosto/Setembro
TISRI  Setembro/Outubro
MARHESHWAN  Outubro/Novembro
QUISLEU  Novembro/Dezembro
TEBETE ⟺ Dezembro/Janeiro
SHEBATE  Janeiro/Fevereiro
'ADHAR  Fevereiro/Março

Fonte: Novo Dicionário da Bíblia, p. 236.

Lacunas sobre a minha postagem: Há uma lacuna que fica nesta provável data, que é a ausência na narrativa dos evangelhos do nascimento de Jesus ocorrer na festa dos tabernáculos. Essa dificuldade pode ser resolvida por ocasião do recenseamento decretado no período natalino de Jesus, conforme menciona Lucas (em 2.1,2). Outra lacuna é se o sorteio feito em 1Crônicas 24 foi definitivo aos respectivos representantes ou se foi modificado. Vejamos os turnos, dentre os quais está a descendência da ordem de Zacarias, pai de João Batista, nosso ponto de contagem para a descoberta do mês em que nasceu nosso Senhor Jesus Cristo:

NO MÊS NISÂ: Jeoiaribe e Jedaías (v.7)
NO MÊS 'IYYAR: Harim e Seorim (v.8)
NO MÊS SIWAN: Malquias e Miamim (v.9)
NO MÊS TAMUZ: Hacoz e Abias (donte veio a sorte cair em Zacarias, Lc.1.9) (v.10)
NO MÊS 'ABH: Jesuá e Secanias (v.11)
NO MÊS ELUL: Eliasibe e Jaquim (v.12)
NO MÊS TISRI: Hupá e Jesebeabe (v.13)
NO MÊS MARHESHWAN: Bilga e Imer (v.14)
NO MÊS QUISLEU: Hezir e Hapizes (v.15)
NO MÊS TEBETE: Petaías e Jeezquel (v.16)
NO MÊS SHEBATE: Jaquim e Gamul (v.17)
NO MÊS 'ADHAR: Delaías e Maazias (v.18)

Atenção: se os caracteres gregos não aparecerem em seu celular é um problema do Blogger. Os caracteres serão visto corretamente pelo seu computador.


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

Nenhum comentário: