segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A DIFERENÇA ENTRE PENTECOSTAIS E NEOPENTECOSTAIS


Existe um vasto conteúdo na mídia retratando o movimento pentecostal e seus desdobramentos, tais como o neopentecostalismo. Alguns cristãos e líderes cristãos julgam ser a mesma coisa. Muitas denominações pentecostais não detectam se quer a menor diferença entre ambos. E até já se tornaram neo-pentecostais. Minha análise, pesquisa e explanação sobre o assunto tem o objetivo de exibir a diferença entre os movimentos e detectar a nocividade do neopentecostalismo para o evangelho de Jesus.

PASTOR DESMASCARA A MALANDRAGEM GOSPEL DA HERESIA NEOPENTECOSTAL



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Vídeo notícia: Pastor da Assembléia de Deus se assume neopentecostal



Diante dos fatos aqui presentes nesse vídeo, não há dúvida alguma de que a ASSEMBLÉIA DE DEUS está se neopentecostalizando. E assim, MEU DEUS.... Como as pessoas fazem da Bíblia o que querem.... e ainda ter que apelar para argumentos extra-bíblicos para se respaldar. A teologia da prosperidade é assim, tem que fazer a maior elasticidade com a Bíblia para poder ratificar suas heresias. O pregadorzinho aí "meia-boca" teve que se basear em achismos.... onde já se viu algum versículo bíblico que diga que Jesus fazia aparecer mesas e cadeiras na carpintaria de seu pai, falecido depois de Jesus completar 12 anos, e que com isso ganhou muito dinheiro para comprar casa na praia. kkkkkkkkkkk é rir pra não chorar viu!

Vou deixar aqui só um trecho da Bíblia para nossa reflexão:

"Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, injúrias, suspeitas maliciosas, disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro; e, de fato, é grande fonte de lucro a piedade com o contentamento. Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos daqui levar; tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes. Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão". 1Tm.6.3-11


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A DIFERENÇA ENTRE EVANGÉLICOS E NOVOS EVANGÉLICOS



A cada ano que se passa o cenário evangélico no Brasil e mundo vão ganhando cara, e vamos identificando no meio desse cenário dois pólos opostos. O primeiro pólo é composto dos novos evangélicos que emerge de maneira massificada e que compõe hoje a maioria aqui no Brasil. O outro pólo, para a glória de Deus e sua infinita misericórdia, vai se afastando dessa multidão de néscios que vivem de ondas e modismos. Esse segundo chamo de evangélicos ou remanescentes dos evangélicos. Um grupo que decidiu não acompanhar a "onda" e ser fiel a sã doutrina e ao evangelho puro e simples. É um grupo menor em relação aos novos evangélicos que mostram a cara na mídia brasileira. Todavia, através da internet, com blogs, redes sociais, youtube, e mantendo a fidelidade em suas igreja realizando um culto sem shows e focado no atrativo principal que é a PALAVRA DE DEUS.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

WEB NOTÍCIA: Palavras de MacArthur desafia continuistas (atualizado 30.10.13)



O escritor e conferencista John MacArthur resolveu bater contra o continuísmo. E o colunista da CPAD Silas Daniel escreveu sua réplica ao texto de MacArthur. A polêmica não é de hoje. Em seu livro “Caos Carismático”: 


MacArthur não mede palavras em argumentar refutando o continuísmo. Mas, diante de todo esse debate, o que me admira é o que Silas Daniel escreve em seus link: AQUI

Minha opinião sobre esse debate que vai render muito ainda é que o foco pelas profecias em detrimento do texto bíblico, a exaltação do sentir a ponto de submergir o saber e a exaltação dos "profetas" ao invés do cânon sagrado. São motivos que levam MacArthur a declarar guerra ao pentecostalismo para prezar pela SOLA SCRIPTURA.

Algumas palavras de Silas Daniel refutando MacArthur me dar náuseas. Não sou puxa saco de MacArthur, sou continuista, mas devemos ser honestos em nossos comentários. Silas Daniel escreve: “Em primeiro lugar, pentecostais clássicos têm a Bíblia como a sua única regra de fé e prática, e justamente por isso pregam constantemente contra ‘novas revelações’ que se choca com a Bíblia ou querem acrescentar algo a ela. E em segundo lugar, pentecostais clássicos também pregam contra a Teologia da Prosperidade, contra a Confissão Positiva, contra o ‘cair no Espírito’, contra a ‘unção do riso’, etc., que são desvios neopentecostais". 

Sinceramente, isso é um mito na igreja ASSEMBLÉIA DE DEUS. Pois, pra onde me projeto de ASSEMBLÉIA DE DEUS aqui no nordeste o disco que toca é tudo isso que ele diz diferenciar os carismáticos. Vejo que Silas Daniel não passeia pelas ASSEMBLEIAS DE DEUS Brasil a fora. O pastor Ciro Sanches, que é assembleiano, escreveu um artigo denunciando que a ASSEMBLÉIA DE DEUS está se neopentecostalzando veja o link dele AQUI neste outro link o pastor presidente da Convenção das ASSEMBLEIAS DE DEUS dos EUA admite qu há fogo estranho entre os pentecostais, confira AQUI

Vamos deixar de ser bobos, esse termo intitulado por Silas Daniel de "pentecostalismo clássico" só existe em nível teológico e acadêmico, o povão pentecostal já deixou de ser a muitos anos. O reteté, que é nada mais e nada menos que a “unção de Toronto” (neopentecostalismo) é só o que rola em tudo que é ASSEMBLEIA DE DEUS nordestina. Acredito que seja assim em todo o Brasil. Os vídeos no site youtube não me deixam errar o diagnóstico. Creio que foi por isso que MacArthur não diferenciou pentecostais de neopentecostais.

A celeuma criada por MacArthur, em minha opinião, é um mal necessário que (acredito eu) venha para o bem. Quem sabe os pentecostais clássicos remanescentes venham a perceber que seu povo (e até pastores) já debandou para o neopentecostalismo e venham a fazer um trabalho mais sério de ré-orientação ao pentecostalismo clássico? Isso ocorre devido a omissão dos próprios teólogos e líderes pentecostais clássicos, principalmente da ASSEMBLEIA DE DEUS, por não terem feito uma REFUTAÇÃO maior ao neopentecostalismo. Que a meu ver, foram e são muito COMPASSIVOS. Daí a pancada de MacArthur em cima deles. Eu sinceramente ACHO É POUCO. A coisa está fora do controle. Só falta escreverem aditivos a Bíblia e canonizarem.


Chegue numa igreja pentecostal e pregue 30 minutos a Palavra de Deus e olhe para o público. Depois pare o sermão e diga que teve uma revelação na noite passada e observe o mesmo público... Com certeza lhe darão mais atenção. Por isso, eu estou achando é bom essa briga. Creio que vai ajudar aos continuistas a se reciclarem melhor e respeitarem mais o cânon sagrado.

Em novembro MacArthur lançará mais outro polêmico livro:




























A notícia começa a sair em sites gospels de notícia aqui no Brasil:

GOSPELPRIME

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

ORAR NO MONTE. É BÍBLICO? É CRISTÃO?




















Sempre ouvi amigos falarem de idas aos montes para orar. Até me fizeram convites. Mas, nunca me senti motivado para ir. Não que eu não goste de orar, mas sempre acreditei na Bíblia, ela me diz que Deus é onipresente, e por isso percebo e sinto sua presença em qualquer lugar. E creio que em qualquer lugar que eu orar, Deus vai me ouvir. Essa era a minha opinião mais amistosa sobre o assunto. Mas, foi mudando para mais refutante quando passei a analisar com mais atenção esse comportamento religioso evangélico que tem ganho muitos devotos dia após dia. Vamos ao resultado dessa análise a seguir:

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

DIFERENÇA ENTRE EVANGÉLICOS E ADVENTISTAS - revisado em março de 2016


Muitas vezes ouvimos algumas lideranças dizerem através de programas de rádio, TV e outras mídias que evangélicos e adventistas tratam de um mesmo segmento. Eu venho através dessa dissertação revelar que isso é uma inverdade. Infelizmente, muitos crentes evangélicos se enganam com isso. Se não, vejamos:

terça-feira, 6 de agosto de 2013

O BEZERRO DE OURO DA ATUALIDADE





















O propósito de Deus para com a humanidade em ter revelado-se na pessoa do Filho (Colossenses 2.9) era de resgatá-la e não de confundi-la mais ainda (Lucas 19.10). Quando Jesus manifestou-se aqui na terra, veio verdadeiramente humano, já que era o verdadeiro Deus (ver João 1.14; 1João 5.20). Ele veio para cumprir o que Adão não pode fazer. Obedecer a Deus. Por isso Jesus é o tema principal de nossas vidas, da Bíblia e a razão de nossa existência. A chama viva de nossas esperanças.

Portanto, este brilho maravilhoso de Jesus Cristo não pode ser ofuscado por ensinamentos e tradições humanas que não passam de meias verdades, sendo estas mais perigosas do que as mentiras. Quem coloca Maria, a mãe de Jesus, em condições de igualdade com ele tem um conhecimento muito superficial de quem é o Messias (o Cristo).

quarta-feira, 12 de junho de 2013

HOMOFOBÍA A PONTA DO ICEBERG



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

PERGUNTAS A SEREM FEITAS PARA UM MÓRMON





  • As supostas placas de ouro que foram entregue pelo anjo Moroni a Joseph Smith onde consta  o texto do Livro de Mórmon estão à disposição do público para que se verifique a data em que foram escritos? Se não estão disponível por que a ênfase de que a igreja mórmon é verdadeira e única? Em meio à tamanha presunção alguém já viu essas placas fora Joseph Smith? Tem como se comprovar a data em que foram produzidas essas placas de ouro, para vermos se remota ao ano de 421 a.C. onde Moroni selou e ocultou?

quarta-feira, 22 de maio de 2013

DESAFIO DE REFORMADOS A PENTECOSTAIS CLÁSSICOS AO BOM COMBATE DA FÉ



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

AS BIZARRAS APLICAÇÕES PESSOAIS DE EDIR MACEDO



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

CORAÇÃO REBELDE


















Texto: Trechos do livro de Ezequiel

Ezequiel profetizou na Babilônia durante todo o período do seu ministério, o qual começou sete anos antes da destruição de Jerusalém, e que terminou cerca de quinze anos depois desse acontecimento. O ponto central das profecias de Ezequiel é a destruição de Jerusalém. Durante o período que ele profetizou o que mais ele falava era que o povo tinha um coração rebelde. Por várias vezes Ezequiel é impulsionado pelo Espírito de Deus a dizer ao povo que eles eram rebeldes. E que Deus iria colocá-los na tribulação da Babilônia para que fossem moldados e se voltassem para Ele.

Ezequiel era sacerdote e profeta. Foi levado cativo juntamente com o rei Jeoiaquim, por Nabucodonozor, cerca de dez anos antes da destruição de Jerusalém. Seu lar foi em Telabib em Babilônia. Ali ministrou aos desterrados, os quais, em sua maioria, resistiam às suas palavras aderindo à esperança falsa de um regresso rápido. A tradição informa que ele foi morto por um dos desterrados, que ele repreender por causa da sua idolatria.

O Chamado de Ezequiel
Ezequiel recebeu o chamado ao contemplar quatro querubins conforme relata o capítulo 1 de seu livro. Sua missão logo é dada no capítulo seguinte (2:1 a 3:9), de julgar o povo por sua rebeldia. Sua responsabilidade (3:10-21) é de ser atalaia sobre a casa de Israel, recebendo uma solene admoestação contra o descuido de seu dever.

Toda essa história do profeta Ezequiel nos trás grandes reflexões sobre o coração rebelde. Que quer dizer: alma ou pessoa indisciplinada, revoltosa, teimosa, obstinada, indomável. Que não aceita a autoridade de Deus sobre sua vida. Que nós possamos cuidar de nossas vidas para que não venhamos a nos afastar do Senhor, que o nosso coração não venha a tornar-se assim. Jesus nos ensinou a orar: “e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal”. (Mt.6:13). E se o teu coração se encontra assim, pode ter certeza, Deus te dar hoje a oportunidade de se arrepender. Vejamos:

sexta-feira, 26 de abril de 2013

DAVID WILKERSON REFUTANDO O RETETÉ



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

SEITA VOZ DA VERDADE



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

INTERPRETAÇÕES EQUIVOCADAS DOS PASTORES NEOPENTECOSTAIS



Boa parte dos trechos bíblicos colocados pelos pastores neopentecostais estão fora de contexto ou isolados do resto da Bíblia. Desconsiderando o que o autor o escritor do texto quis dizer.
Esses erros de interpretação aparecem por várias causas. Podemos citar aqui três causas basilares dos equívocos desses líderes religiosos:
1)     Um total ou parcial descuido da exegese bíblica;
A exegese é resultado de um estudo cuidadoso de passagens bíblicas. Vindo do texto bíblico para a mente do estudante das Escrituras, que por sua vez ele transmite a seus ouvintes. Qualquer postura vinda da mente do estudante das Escrituras para interferir no texto bíblico para que depois se tire uma conclusão a ser transmitida a seus ouvintes não será mais exegese, porém uma eisegese. Isto é, uma interpretação vinda de fora para dentro das Escrituras. Esse descuido é muito peculiar no conteúdo das interpretações de pastores neopentecostais. Por isso que muitos cristãos acabam caindo em laços do engano e ficam paralisados no caminho da salvação.

2)     Abandono dos princípios de interpretação da Bíblia;
O fracasso da exegese bíblica acontece por causa do desprezo que se dar a hermenêutica bíblica. Onde seus princípios são violados. Daí não tem como remendar os buracos que ficam. Não que a hermenêutica bíblica seja uma ciência exata, pois quando a Bíblia Sagrada não fecha um determinado assunto ela não poderá solucionar ou elucidar tal assunto. Ela dependerá do que “está escrito”. A partir daqui não se faz mais teologia, mas uma teodisséia. Todavia, nos assuntos em que a Bíblia Sagrada dar fechamento, devemos tomar muito cuidado para que nossa homilia não venha a ser “palavras do homem”. E é na hermenêutica bíblica, com o auxílio de seus princípios de interpretações, que se evita os equívocos da Palavra de Deus.

3)     O abuso de aplicações pessoais.
Uma das grandes tentações da homilia são as aplicações pessoais. O pastor ou pregador que vai ministrar deve tomar muito cuidado com as “viagens” da imaginação. O texto bíblico pode ser comprometido de maneira tal que não será mais Palavra de Deus. Poderá ser qualquer outra coisa menos a mensagem de Deus. Daí o surgimento de tantas bizarrices, modismos e heresias em nosso tempo.

Só nessas três causas podemos ver que o texto bíblico, o verdadeiro sentido do autor sagrado, se irá como fumaça. Logo, esses pastores ou pregadores neopentecostais estejam citando a Bíblia, não estão expondo a Palavra de Deus, mas “palavras de homens” e se não vigiarem poderão estar expondo até “doutrinas de demônios”. O apóstolo Paulo já havia advertido a igreja de Cristo sobre isso: “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.” (1Tm.4.1). Creio que todos cristãos conhecem esse texto, mas será que tomam o devido cuidado? É muito fácil manipular o texto bíblico desconsiderando os exemplos aqui citados.
O PECADO DA CONIVÊNCIA
Antes de avançar no tema aqui desse texto, gostaria aqui de abrir um parêntese, e admoestar o povo de Deus espalhado pelo mundo. Especificamente os cristãos brasileiros. Antigamente (aproximadamente há uns trinta a quarenta anos atrás), quando nos deparávamos com certas pregações equivocadas em nossos púlpitos e mídias, eram até toleráveis, pois resultavam muito mais de despreparo do pregador do que da intenção consciente de transmitir o equívoco. Daí nós citávamos aos queixosos o texto de 1Ts.5.21 onde diz: “julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Diferente de hoje, onde há muito equívocos, e até graves. Mas, alguns cristãos incautos ficam a citar o mesmo texto de 1Ts.5.21. Ora, tenho certeza que o apóstolo Paulo não escreveu esse texto para tolerarmos todo tipo de equívocos. Hoje, estamos no meio de um lixão de heresias, modismos e equívocos e aplicando esse texto inutilmente. Por isso escrevi um texto explicativo sobre 1Ts.5.21. Veja aqui . Chega de conivência! Temos que tomar uma decisão: queremos beber água limpa e comer comida saudável! Chega de mendigar a Palavra de Deus desses lixões. A mesa do Jesus é farta e sua comida é de boa qualidade.
O fato é que estamos sendo coniventes com muitos erros, e precisamos denunciá-los! Ninguém é dono da verdade. Mas, pode ter certeza, quem conhece as Escrituras sabe discernir os equívocos da verdade bíblica! E creio que devemos usar o que sabemos para ajudar a igreja de Cristo. O apóstolo Paulo fala dos mestres da igreja citando-os em Ef.4.11 juntamente com os apóstolos, profetas, pastores e evangelistas. E semelhantemente tem o papel de contribuir na edificação da igreja do Senhor Jesus (ver v.12). Em outra carta ele coloca o mestre no pódio da lista dos dons mais importantes da igreja de Cristo (ver 1Co.12.28).
Em fim, o povo cristão não deve ficar amenizando as intempéries de uma teologia corrompida e interpretações descabidas das Escrituras. O profeta já advertia: “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!”. (Is.5.20).
FECHANDO PARÊNTESE
Bem, voltando ao tema, vejo que a igreja evangélica brasileira se expõe ao ridículo diante do mundo. Pois os pastores e líderes mais conhecidos nacionalmente são de linha neopentecostal, e o que é pior, não consegue pronunciar uma frase sem que tenha de colocar uma interpretação particular da Bíblia Sagrada ou fazer uso de psicologia ou de sugestão mental ou de jargões da auto-ajuda ou uso de modismo ou heresias. Exportando para o mundo o que temos de pior.
Fico decepcionado com esses pastores, que alguns até fizeram seminário de teologia, mas de nada valeu o que aprenderam se é que aprenderam. Se eu fosse professor de homilética e hermenêutica deles jamais concluiriam o curso.
Esses artistas do púlpito brasileiro tipo: Edir Macedo, R.R. Soares, Renê Terra Nova, Valnice Milhomens, Robson Rodovalho, Valdemiro Santiago, Jorge Tadeu e tantos outros. Fazem o palco das bizarrices do mau uso da Bíblia Sagrada. Muitos desses são produtos da influencia dos falsos mestres estrangeiros tipo: Kenneth Hagin, Essek Kanyon, Kenneth Copeland, Benny Hinn, David Robertson, Oral Robertson, Fred Price, Paul Crouch, Morris Cerullo, Betty Tapscott, etc. Isto é, apenas repetem o que esses falaciosos dizem
DIRETO AO ASSUNTO
Vejamos aqui algumas dessas interpretações equivocadas que são comumente citadas em TV, rádio e mídia no geral.

terça-feira, 26 de março de 2013

PARABÉNS REPÓRTER RAQUEL - AULA DE DEMOCRACIA PARA TODOS



Diante de toda a polêmica envolvendo o pastor neopentecostal MARCOS FELICIANO. Vejo que esse vídeo me revela ser o mais sensato de todos.

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 25 de março de 2013

OS DOGMAS HERÉTICOS DO TABERNÁCULO DA FÉ



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 21 de março de 2013

IGREJAS INSUPORTÁVEIS



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 14 de março de 2013

NOVO VIGÁRIO DE CRISTO? E O ESPÍRITO SANTO?


O mundo comemora a escolha de um novo vigário de Cristo. Entretanto, a aproximadamente 2 mil anos atrás o vigário (substituto) de Cristo já foi enviado para a terra e sua função é permanente: O ESPIRITO SANTO. "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre... Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito". João 14:16,26

segunda-feira, 4 de março de 2013

RESGATANDO A ESSÊNCIA DO CRISTIANISMO



Texto base: Mateus 15:1-20

“A vida cristã é diferente, mais difícil e mais fácil. Cristo diz: ‘Dê-me tudo. Eu não quero um tanto do seu tempo, tanto do seu dinheiro, tanto do seu trabalho. Quero você. Eu não vim para atormentar o seu ego natural, mas para matá-lo. Meias medidas não trazem nenhum bem. Eu não quero podar um galho aqui e outro ali, mas quero derrubar a árvore inteira. Entregue todo o seu ego natural, todos os desejos que você julga inocentes, bem como os que você julga iníquos – todo o seu ser. Eu lhe darei um novo eu. Na verdade eu lhe darei o meu próprio eu; a minha vontade se tornará a sua vontade’”. C. S. Lewis

“Você é realmente um cristão ou apenas faz parte do circo chamado igreja evangélica moderna?” Paul Washer

“Se Jesus tivesse pregado a mesma mensagem que os ministros de hoje pregam, ele nunca teria sido crucificado." Leonard Ravenhill

“Se enxergo corretamente, a cruz do evangelicalismo popular não é a mesma cruz que a do Novo Testamento". A.W. Tozer

Vivemos mergulhados em um sistema religioso doentio, caducado e que está para morrer. Não existem mais saídas para esse sistema. Quem tem sensibilidade um pouco de comunhão e intimidade com Cristo e com o seu evangelho puro e simples sabe que NÃO DAR MAIS PARA CONTINUAR ASSIM. Se sente sufocado, precisando respirar mais de Deus, do seu amor, do seu reino. Outros continuam dormindo, sem perceber essas coisas. Porém, Jesus veio e vem até nossas vidas para realizar essa mudança. Basta apenas que olhemos para a sua biografia nos evangelhos e perceber que o que o cristianismo que se tornou hoje, até mesmo o evangélico, não é nem de longe o que assemelharia com a vida e ministério de Cristo e de seus apóstolos. Não é preciso muitos exemplos para se provar isso. Queremos ter o fogo e o ardor da igreja primitiva, mas será que estamos dispostos a vender nossas propriedades e aos irmãos que têm necessidades? (At.2:45; At.4:34,35). Desejamos a unção de Jesus relatada em Isaías 61:1-3 para nossas vidas, mas não queremos abrir mão do viver de aparência e a formosura, não queremos a impopularidade de ter que dizer a verdade para os que vivem no engano ou dormindo o sono da negligência; não queremos se doar por vidas como ele se doou (Is.53:1-8). Queremos ser “heróis da fé”, mas não temos nenhum pouco a vida de renúncia da futilidade e do pecado que eles tiveram (Hb.11:35-39).

Quando Jesus vem ao mundo ele pega o culto israelita envolvido num sistema religioso pautado em normas criadas pelos homens, em estruturas de poder também criadas pelos homens, em pessoas que prezavam por rituais e cerimônias que aquilo que representavam não condizia de fato com suas vidas. Um sistema religioso dirigido por ganância e interesses financeiros. E é a partir daqui, dessa situação, ele começa a transmitir a sua vida e mensagem.

Seus ensinos revolucionários e importantes para resgatarmos a essência do cristianismo estão contidos nessa narrativa de Mateus 15:1-20. Onde podemos transformá-los em aplicações para nossa realidade hoje:

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

SILAS MALAFAIA DE FRENTE COM GABI



QUE DEUS É ESSE QUE O SILAS MALAFAIA SERVE?

Quando Marília Gabriela falava de DÍZIMO, OFERTAS, TEOLOGIA DA PROSPERIDADE uma das réplicas de Silas foram: "Deus trabalha com a lei da recompensa". Nesse sentido e contexto, o deus do Silas Malafaia é um ídolo! Moloque, Baal, Dagon, Astarote, Mamom, GADU, tem pra escolher os deuses que se encaixam com essa interpretação de Silas Malafaia. MENOS O DEUS YAHVEH.

VEJAMOS:
"... quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído?" (Rm.11.35). Veja na versão Linguagem de Hoje: "Quem já deu alguma coisa a Deus para receber dele algum pagamento?". Que tal na versão Almeida XXI: "Quem primeiro lhe deu alguma coisa, para lhe seja recompensado?". Ou que tal na Nova Versão Internacional: "Quem primeiro lhe deu, para que ele o recompense?" 


Essa passagem citada pelo apóstolo Paulo é uma retórica que Deus fez a Jó (Jó.40.6) quando ele achava que por ter sido uma pessoa íntegra e reta diante de Deus esperava alguma recompensa por isso, que não merecia o que estava passando. Como se Deus fosse preso a alguma lei. Então Deus lhe respondeu: “Quem primeiro me deu a mim, para que eu haja de retribuir-lhe? Pois o que está debaixo de todos os céus é meu”. (Jó 41.11).

Deus não deve nada a ninguém: "... terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer...". (Êx.33.19).

SILAS MALAFAIA FERE DESCARADAMENTE A GRAÇA DIVINA. Pois, se Deus trabalha essa tal da "lei da recompensa" o mérito é todo dos seus adoradores que lhe trazem dinheiro e riquezas como oferenda. Esse deus é um ídolo.

CONCLUSÃO DESSE BLOGUEIRO QUE VOS ESCREVE
O que Silas Malafaia fala aqui não é um erro de português, ou uma citação errada que fazemos quando estamos pregando, ou um raciocínio meio sem lógica, não! Dizer isso foi e é uma deturpação da Palavra de Deus! MEU DEUS!

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

DIFERENCIANDO DOGMA DE DOUTRINA





















Textos bíblicos introdutórios: Hb.1.1,2; 2Jo.1.9; 1Tm.4.16

Grande parte dos evangélicos hoje não sabe diferenciar “dogma religioso” de “doutrina bíblica”. Geralmente colocam num mesmo “pacote” e jogam fora. Isso ocorre devido alguns fatores que precisamos explaná-los aqui. Talvez você seja essa pessoa. E vai se identificar com alguns dos fatores que vou expor abaixo:

domingo, 13 de janeiro de 2013

WEB NOTÍCIA: Pastores Neopentecostais Anarquizam a Fé Evangélica


Cada vez mais os líderes desse grupo faccioso supostamente evangélico estão indo as últimas conseqüências com essa maldita TEOLOGIA DA PROSPERIDADE. E só tem passado para a população brasileira visões distorcidas do que é realmente um pastor evangélico. Como já foi dito: "O amor ao dinheiro é a raiz da teologia da prosperidade". São notícias desse tipo que me leva cada vez mais a ter que apelar a todos os pastores pentecostais que ainda não se venderam a Baal e os pastores reformados à uma manifestação mais forte de repúdio desse movimento. Leiam a matéria aqui

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

VÍDEO NOTÍCIA: Malafaia volta a atacar o bolso dos otários



Silas Malafaia começa o ano armando o circo da igreja evangélica moderna. E trás o palhaço do Mike Murdock como atração principal. O $how tem que parar! Voltemos ao evangelho!

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

A IMPORTÂNCIA DAS DOUTRINAS BÍBLICAS NA APOLOGIA CRISTÃ



Uma compreensão pura da doutrina de Cristo (1) será produto de um estudo da Bíblia. E para que eu não venha a fazer um interpretação errada disso, preciso entender a doutrina da Bíblia (2) que me auxilia na compreensão de outras doutrinas, tipo a doutrina da salvação (3), que é muito mais do que um conceito, mas uma pessoa: JESUS. Estudando a Bíblia descubro a doutrina da últimas coisas (4) e que preciso encorajar meus irmãos na fé (5), onde encontro a doutrina da igreja (6). Tudo isso tenho que desenvolver na minha vida. E para isso tenho que me compreender como ser humano à luz da Bíblia, daí descubro a doutrina do homem (7), de onde concluo a sua necessidade de redenção pela compreensão que a Bíblia me dar quando estudo a doutrina do pecado (8). Pois, todo mal que surgiu a doutrina dos anjos (9) me explica. Todavia, a doutrina do Espírito Santo (10) nos trás a esperança da regeneração humana. Assim, vejo na doutrina de Deus (11) quem ele é; e tenho uma cosmovisão dos assuntos que o cercam. A partir daí faço uma apologia  (12) de minha fé.